in.do.má.vel (indomabilis.e)
FranHaydin

in.do.má.vel (indomabilis.e)

2ª INDOMIT COSTA ESMERALDA ULTRA-TRAIL®

Esse ano, 14 de Setembro de 2015, a JVM TRAIL RUN, assessoria de Corrida de Montanha onde treino, fez 5 anos e promoveu um Treino Especial com muitos sorteios, produtos, inscrições de provas... e um dos brindes foi a inscrição para a 2ª INDOMIT COSTA ESMERALDA ULTRA-TRAIL®.

Por motivos pessoais, compromissos, perdi o treino e consequentemente todos os brindes de 5 anos da JVM TRAIL RUN. E nesse dia, o Bira, um dos professores da assessoria, ganhou a inscrição para a INDOMIT COSTA ESMERALDA, massss..... também por motivos pessoais, ele não poderia ir... Eisss que, dias depois, recebo um WhatsApp da assessoria, no grupo Oficial de Informativos, comunicando que a inscrição da INDOMIT seria sorteada entre os alunos interessados pela prova.

OK, nunca ganhei nada, mas vamos dar o nome para participar... o sorteio seria no mesmo dia que o comunicado foi enviado, a meia noite. Acredite se quiser, o azarão ganhou alguma coisa, e que coisa... a inscrição para qualquer distância, 100k - 80k - 50k - 21k - 12k - 5k, da 2ª INDOMIT COSTA ESMERALDA ULTRA-TRAIL®. Optei pelos 21km, distância que estou melhor encaixado nas provas.

A INDOMIT tem a característica de provas DURAS, mas BELAS e em especial Bombinhas na península da Costa Esmeralda, região das 4 ilhas, em Santa Catarina, chama a atenção pela natureza preservada. Cercada de belezas naturais, aos lados e atrás, há morros da Mata Atlântica e, em frente, um dos mares mais límpidos que se podem encontrar no Estado. OK, é bonito, mas também é DURA, então vamos treinar e alinhar os objetivos com o Treinador José Virginio de Morais.

Chega a semana da prova, optei em ir de carro, 650km de São Paulo. A prova seria 7/11, sai 5/11 para poder climatizar por lá, pegar o KIT e assistir o Congresso Técnico que seria na sexta 6/11. Há dois meses vinha chovendo em Bombinhas e a seis dias consecutivos sem parar, conforme informação do Atleta e morador da região Giliard Altair Pinheiro, nada menos que o Campeão dos 100k da 1ª e 2ª edição.

Sexta pela manhã, sem chuva, fiz um treino de luxo pelas praias e pela trilha do Retiro dos Padres, que por sinal bem lisa e molhada. A tarde, no Congresso Técnico, foi comunicado alterações nos percursos 100k e 80k devido as chuvas, as outras distâncias não tiveram alterações. O recado foi: "...parou de chover, mas tudo que caiu esta lá...", disse o Diretor da prova Juan Carlos Asef.

Dia D, 7/11, já haviam largados os atletas dos 100k (0h00), dos 80k (4h00) e dos 50k (8h00). Chego na Praia de Mariscal, largada marcada para as 11h00, alongo, aqueço, hidrato e me posiciono para a largada, na primeira linha de frente. Não costumo largar assim, mas como essa praia tinha uma largura curta de areia até o mar, resolvi usar essa estratégia para não ficar no funil, e deu certo.

Fiz uma ótima largada, me posicionado rapidamente na 6ª posição Geral. Logo no km 2 já começava uma subida bem grande de asfalto. Apesar do 1º e 2º ter largado bem forte, ainda era possível ver todos os atletas na minha frente, já ocupava a 5ª posição onde permaneci até o km 8.

No km 8, ocupando a 5ª posição - que já garantia pódio GERAL (Troféus do 1º ao 5º da geral feminina e masculina), não conseguia ver a 1ª e 2ª posição, mas estava na mira o 4ª e 3ª.

Todo Atleta começou do zero, não tenha medo de errar

Infelizmente, no km 8 tropecei em um banco de areia na praia e na tentativa de compensar a pisada para não cair, sofri uma fratura na cabeça da Fíbula por avulsão, devido a força de tração do músculo e tendão. Tentei voltar a correr, tentei voltar a trotar e o máximo que consegui foi andar mancando até próximo Posto de Assistência no km 9.

Chegando no Posto de Assistência anunciei meu abandono da prova e entreguei o chip para o Staf. Fui atendido no Mini Posto Médico, com gelo e Dipirona na veia por conta da dor. Passam radio pra lá e pra cá, e para minha surpresa, o proprio Diretor na prova, Juan Carlos Asef, apareceu para suporte ao atendimento.

in.do.má.vel (indomabilis.e): bravo, indomesticável, indócil, indómito, insubmisso, invencível e rebelde

Apesar do ocorrido, estou contente com a minha participação e experiência na prova, em tudo que acontece em nossas vidas temos que tentar extrair a melhor parte e é assim que termina a INDOMIT pra mim, indomável! Volto em 2016 para buscar o que deixei esse ano lá. Vamos nos recuperar e voltar aos treinos o mais rápido possível.

Quero dar os parabéns para a INDOMIT e todos seus organizadores, diretores, equipe técnica, equipe de segurança, stafs, equipe médica, atletas, enfim, uma prova de ALTO nível, completa em todos os sentidos: Informativos prévios, Congresso Técnico, Entrega de Kits, Premiação, Percurso, Postos de Abastecimento, Nível dos Atletas - PARABÉNS INDOMIT!!!

“A força não provém da capacidade física e sim de uma vontade indomável.” Mahatma Gandhi

Veja Também
Sorte no Azar
Nas subidas nascem os Campeões
Playground Radical
Training Camp com Mantiqueira Trail Running